Meio milhão para show de “SAFADÃO” em cidade com IDH 0,680

Em um país em que educação, saúde e segurança pública estão a milhares de quilômetros atrás de países desenvolvidos paga-se milhares de reais para artistas de música de sexta qualidade COM DINHEIRO PÚBLICO. Temos merda na cabeça ou o quê? A população de uma cidade que vota para políticos que fazem isso tem que pastar, sofrer, ficar na penúria mesmo, sem atendimento hospitalar, sistema educacional e serviços urbanos mesmo. Que sofram.

 

Um ano depois de ter o valor do cachê questionado pelo Ministério Público de Pernambuco, o cantor Wesley Safadão volta a chamar atenção após publicação no Diário Oficial. Na edição desta quinta-feira (15) foi divulgado o valor cobrado pelo artista para se apresentar no dia 28 de junho na abertura do São João de Carpina, na Zona da Mata: R$ 450 mil. O cachê foi o único pago pela Prefeitura de Carpina encontrado pelo Viver nas edições de junho do D.O.

Na publicação, a secretária de Educação, Esportes e Lazer do município, Milca Maria da Silva, pede inexigibilidade de licitação para contratação do cantor. Além de Safadão, a programação do São João de Carpina também contará com Márcia Fellipe, Jonas Esticado, Mano Walter, Jorge & Matheus e Gabriel Diniz.

Resultado de imagem para brasil terra de burros

No São João do ano passado, o show de Wesley Safadão no São João de Caruaru – cujo cachê era de R$ 575 mil –  chegou a ser cancelado pela Justiça. A apresentação foi mantida, bancada por patrocinadores. Para amenizar a polêmica, o cantor cearense acabou doando o cachê para instituições filantrópicas da cidade.

A notícia dos R$ 450 mil desembolsados para o show em Carpina chega em meio a uma outra polêmica, relacionada a uma suposta descaracterização dos festejos. Vários artistas se mobilizaram em torno da campanha “Devolva o Meu São João”, que desencadeou bate-boca entre forrozeiros e sertanejos.Um ano depois de ter o valor do cachê questionado pelo Ministério Público de Pernambuco, o cantor Wesley Safadão volta a chamar atenção após publicação no Diário Oficial. Na edição desta quinta-feira (15) foi divulgado o valor cobrado pelo artista para se apresentar no dia 28 de junho na abertura do São João de Carpina, na Zona da Mata: R$ 450 mil. O cachê foi o único pago pela Prefeitura de Carpina encontrado pelo Viver nas edições de junho do D.O.

Na publicação, a secretária de Educação, Esportes e Lazer do município, Milca Maria da Silva, pede inexigibilidade de licitação para contratação do cantor. Além de Safadão, a programação do São João de Carpina também contará com Márcia Fellipe, Jonas Esticado, Mano Walter, Jorge & Matheus e Gabriel Diniz.

No São João do ano passado, o show de Wesley Safadão no São João de Caruaru – cujo cachê era de R$ 575 mil –  chegou a ser cancelado pela Justiça. A apresentação foi mantida, bancada por patrocinadores. Para amenizar a polêmica, o cantor cearense acabou doando o cachê para instituições filantrópicas da cidade.

A notícia dos R$ 450 mil desembolsados para o show em Carpina chega em meio a uma outra polêmica,relacionada a uma suposta descaracterização dos festejos. Vários artistas se mobilizaram em torno da campanha “Devolva o Meu São João”, que desencadeou bate-boca entre forrozeiros e sertanejos.

Leia mais…

Seja o primeiro a comentar

Deixe um comentário

Dê-nos sua opinião sobre este assunto!

Seu endereço de e-mail não será publicado.


*