“Pardal” vai fiscalizar as eleições deste ano

Foi aprovada resolução que institui, em âmbito nacional, o aplicativo Pardal para dispositivos móveis (celulares e tablets), apto a ser utilizado nas Eleições de 2016. A cerimônia de lançamento do App será nesta quinta-feira (18), às 11h30, no gabinete da Presidência do TSE.

Através deste app os eleitores podem informar à Justiça Eleitoral e ao Ministério Público (MP) ilegalidades encontradas nas campanhas eleitorais para prefeito e vereador em seus municípios.

A aplicação será mais um instrumento da Justiça Eleitoral contará para coibir abusos e práticas irregulares durante as eleições deste ano.

A solução Pardal foi desenvolvida em 2012 pelo Tribunal Regional Eleitoral do Espírito Santo (TRE-ES). No pleito de 2014, o aplicativo também foi utilizado de forma localizada por alguns estados. Agora, será ampliado para todo o país.

Alguns TREs também permitirão que as denúncias sejam feitas pela internet, por meio do serviço “Denúncia Online”, ou ainda por meio de Ouvidoria.