Partido brasileiro recebe o nome de “Podemos”

Sessão administrativa 2

Ptn-logo.jpgO Tribunal Superior Eleitoral  aprovou por unanimidade em 16 de maio de 2017, a mudança do nome do Partido Trabalhista Nacional (PTN) para “Podemos”. O pedido do partido foi relatado pelo ministro Admar Gonzaga, que acolheu a solicitação.

O PTN obteve o registro no TSE em 2 de outubro de 1997. Renata de Abreu é a presidente nacional em exercício da sigla.

Também o Partido Trabalhista do Brasil (PTdoB) pede ao TSE para trocar o nome da legenda para “Avante”.

O PTdoB conseguiu o registro na Corte Eleitoral em 11 de outubro de 1994. Atualmente, a sigla tem como presidente nacional Luís Henrique Resende.

Partido Trabalhista Nacional (PTN) é um partido político brasileiro. É um dos partidos mais antigos do Brasil, uma vez que remonta à organização fundada na República Nova por dissidentes do Partido Trabalhista Brasileiro (PTB) e refundada com o retorno do pluripartidarismo no país. Tem sido comandado pela família Abreu (José Masci de Abreu, Dorival de Abreu e Renata Abreu) desde a refundação em 1995. Antes disso, conseguiu eleger um filiado como presidente do Brasil: Jânio Quadros, em 1960. Em maio de 2017 o partido mudou de nome baseado em pesquisas e estudos de consultorias, passando a ser denominado Podemos, por inspiração no mote “sim, nós podemos” (yes, we can) da campanha de Barack Obama à presidência dos Estados Unidos em 2008 e sem qualquer relação com o partido-movimento espanhol Podemos. A essa época a bancada do partido foi caracterizada como de centro-direita com parlamentares conservadores pelo presidente do diretório estadual na Bahia, João Carlos Bacelar Batista, enquanto que a nova organização não seria nem de direita, nem de esquerda, segundo seus dirigentes. {Wikipedia}

 

Seja o primeiro a comentar

Deixe um comentário

Dê-nos sua opinião sobre este assunto!

Seu endereço de e-mail não será publicado.


*